Intervençoes

sábado, 21 de outubro de 2017

SINDSAUDE convoca Técnicos e Auxiliares de Enfermagem para mutirão jurídico no Sindicato


A Direção do Sindicato dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem e Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde no Maranhão (SINDSAUDE) com o objetivo de defender os interesses de seus Associados contratou o Advogado especialista em Direito Previdenciário Romário Lisboa Dutra para atender a demandas do SINDSAUDE.

O Escritório contratado ajudará o SINDSAUDE a atuar na defesa de direitos nas áreas de Aposentadoria por idade, por tempo de contribuição, por invalidez e também a Aposentadoria Especial por tempo de contribuição.  

De acordo com a Direção do SINDSAUDE os novos Advogados atuarão também com outros benefícios previdenciários como  Auxílio-doença, Auxílio-reclusão, Pensão por morte, Salário Família, Salário maternidade.

O Sindicato informa que os interessados podem agendar o atendimento individual na Sede do Sindicato nos telefones (98) 3232 1672 e 3232 2798.

Prefeito de Caxias Fábio Gentil sobre parceria com Governo do Estado: “Quem ganha é o povo de Caxias”

O Governo do Estado chega com essa parceria, com esse apoio no momento em que mais precisamos, isso traz uma alegria muito grande.”. Assim o prefeito Fábio Gentil, de Caxias, definiu o resultado da audiência realizada com o governador Flávio Dino na tarde desta sexta-feira (20), no Palácio dos Leões.

Gentil, Flávio Dino e Cleber: juntos por Caxias e pelo Maranhão
De acordo com o prefeito, no atual cenário de cortes de recursos federais, os programas e convênios implementados pelo Governo do Maranhão têm possibilitado a continuidade das ações municipais.

“Nós que somos gestores públicos municipais sabemos da dificuldade, da quase impossibilidade de administrar um município sozinho, e eu tenho certeza que essa parceria será salutar e o município irá desenvolver em todos os aspectos”, disse.

A manutenção da maternidade Carmosina Coutinho é um dos exemplos que, de acordo com o prefeito Fábio Gentil, demonstram o sucesso da aproximação entre as gestões. 

“Tivemos há algum tempo uma conversa com o governador e ele se comprometeu em dar uma contrapartida para a manutenção da maternidade, que é macrorregional de Caxias, tem UTI e assim foi feito”.

Além disso, o governo também mantém o Hospital Macrorregional de Caxias e investimentos em saúde que já somam mais de R$ 24 milhões aplicados apenas em 2017. Inaugurado no passado, o hospital já realizou mais de 1 milhão de atendimentos.

“Caxias é uma macrorregional que inclui 50 municípios. Consequentemente com essa conversa com o governador, a gente pode encontrar um entendimento que beneficia toda a região. Quem ganha nessa história toda é o povo do Maranhão, é o povo de Caxias”, afirmou.

Também participaram da audiência o secretário de Governo, Antônio Nunes, o ex-deputado José Gentil Rosa e o deputado federal Cléber Verde.

SINDEHOTEIS/MA intensifica Campanha Outubro Rosa entre trabalhadores e trabalhadoras


“Todos unidos contra o Câncer de Mama”. Com esse tema de grande relevância social, a diretoria do Sindehotéis-MA gestão Fortalecendo a Luta, tem sido multiplicadora da Campanha “Outubro Rosa” que visa a conscientização e prevenção do câncer de mama, doença que tem matado centenas de mulheres todos anos no Brasil.
No mês de outubro, voltado para essa importante campanha contra o câncer de mama, o Sindehotéis realiza todos anos uma série de atividades voltadas para conscientização e prevenção da doença; convidando profissionais capacitados e especializados na área, com intuito de estabelecer um trabalho de cuidados com a saúde, contribuindo também para o bem-estar dos trabalhadores da categoria e da comunidade em geral.
A Campanha Mundial Outubro Rosa, que visa chamar atenção, diretamente, para a realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce, também é um alerta para os cuidados com a saúde, além de estimular a participação da população no controle do câncer de mama.
“O sindicato dos trabalhadores hoteleiros realiza um papel social significativo em todas as campanhas de conscientização. No outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, toda diretoria está empenhada em oferecer esse trabalho, disponibilizando profissionais especializados no assunto, para ministrar palestras e tirar dúvidas em relação a doença, principalmente para as mulheres, que são o maior alvo desse mal. Por isso, a diretoria do Sindehotéis se coloca à inteira disposição dos trabalhadores que estão interessados na palestra”, comentou Luiz Henrique, presidente do Sindehotéis.
Dentro dessa perspectiva de campanha, realizada todos os anos pela entidade sindical laboral, a Campanha “Outubro Rosa”, será intensificada nos setores de trabalho da categoria, dando maior visibilidade e conscientização sobre a doença.
Para os interessados em levar essa informação tão importante, para os trabalhadores da categoria, basta entrar em contato com o Sindehotéis pelos telefones 3246-2739 e 98341-0048 (WhatsApp) e solicitar uma palestra alusiva no seu setor de trabalho.
Fonte: ASCOM - SINDEHOTEIS-MA

No Maranhão, Proposta Orçamentária para 2018 prevê quase mil vagas em concursos e seletivos


A proposta de Orçamento do Governo do Maranhão para 2018 prevê a criação 931 vagas para contratação de pessoal em nove secretarias e órgãos da administração direta e indireta. As oportunidades serão oferecidas por meio de concursos públicos e seletivos, para nível médio e superior. De acordo com a proposta, enviada à Assembleia Legislativa, haverá investimentos de R$ 67,7 milhões para garantir as novas contratações.
Além de concurso da Polícia Militar do Maranhão, que vai abrir as inscrições nos próximos dias para 1.215 vagas, o Governo investe em recursos humanos para o sistema de Segurança Pública, com proposta de vagas também para reforço do Sistema Prisional. Com investimentos de R$ 4,45 milhões, serão 120 novas oportunidades para diversos cargos em Unidades Prisionais na capital e do interior do Estado.
Já a Secretaria de Estado da Educação vai oferecer, segundo a proposta, 457 novas vagas para ampliação da Rede Estadual de Ensino, com investimentos de mais de R$ 41 milhões.
Na educação superior foram destinados R$ 2,9 milhões para contratação de pessoal na Universidade Estadual da Região Tocantina (UEMASUL), com previsão de 30 novas vagas.
Para ampliar investimentos no sistema socioeducativo de adolescentes sob regime restritivo de liberdade, na Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), a proposta orçamentária prevê investimento de R$ 6,1 milhões para realização de Concurso Público com  100 novas vagas para preenchimento do cargo de socioeducador.
Há previsão para novas contratações no Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq); 100 vagas Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED); Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (SEPLAN), com  20 vagas; e Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), com 10 vagas.
Serviços melhores
A proposta orçamentária apresentada pelo governo propõe investimentos de 7,84 bilhões para pagamento de pessoal e outros encargos. Desde o início da gestão, o governador Flávio Dino tem investido em contratações para ampliar e melhorar a qualidade dos serviços públicos. O Maranhão tem sido um dos poucos estados a garantir o pagamento dos servidores em dia, com realização de concursos e seletivos para novos servidores.
“Do ponto de vista fiscal, mesmo diante da atual crise, o Maranhão tem conseguido, de forma responsável, honrar as suas despesas, incluindo folha de pessoal, garantindo os recursos para manutenção dos serviços públicos e ampliar os investimentos nas diversas áreas de atuação governamental”, explicou o governador Flávio Dino ao encaminhar a proposta orçamentária para o ano que vem.
Veja o que está previsto na criação e/ou no provimento de cargos e empregos, admissão ou contratação:
– Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (SEAP): 120 vagas;
– Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC): 100 vagas;
– Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON-MA): 51 vagas;
– Secretaria de Estado da Educação (SEDUC): 457 vagas
– Universidade Estadual da Região Tocantina (UEMASUL): 30 vagas;
– Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (INMEQ): 43 vagas;
– Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED): 100 vagas;
– Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (SEPLAN): 20 vagas;
– Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC): 10 vagas.

SINDSAUDE realiza mutirão da aposentadoria em defesa dos Trabalhadores Técnicos de enfermagem

(Dir. p/ Esq.) Lucimary, Dora, Louredir, Dulce, e ...:
unidas em defesa dos interesses dos trabalhadores 
A Direção do Sindicato dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem e Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde no Maranhão (SINDSAUDE) recebeu em sua Sede Administrativa em São Luís o Técnico de Enfermagem e também Enfermeiro Louredir. 

Na pauta a ação política sindical de fortalecimento da organização do SINDSAUDE no Maranhão em apoio aos profissionais Técnicos da enfermagem. 

Destacada liderança da Enfermagem da região da baixada maranhense Louredir tem atuado em defesa e valorização da Enfermagem e aceitou o convite feito pelo SINDSAUDE para mais uma grande causa em apoio aos trabalhadores da saúde: contribuir com a mobilização da categoria na baixada maranhense para o grande mutirão da aposentadoria.

De acordo com Lucimary Santos, Vice Presidente do SINDSAUDE: "O SINDSAUDE contratou um escritório jurídico especializado em Direito Previdenciário de modo a garantir que os trabalhadores da saúde tenham acesso facilitado à aposentadoria especial,  aposentadoria por tempo de contribuição e demais benefícios assegurados pela assistência e previdência social. Isso por conta de milhares de Trabalhadores,  sobretudo os vinculados aos entes públicos por meio de contratos precários, terem sido prejudicados com a negativa dos benefícios previdenciários ficando muitas vezes sem a possibilidade de se aposentar face à precariedade dos contratos e à omissão dos gestores públicos.". 

A Presidente do SINDSAUDE, Dulce Sarmento garante que "O mutirão da aposentadoria está funcionando com agendamento prévio e atendimento presencial na sede do SINDSAUDE- MA em São Luís e a partir da 2ª quinzena do mês de outubro o Sindicatop fará um atendimento itinerante, onde os advogados farão os atendimentos nos municípios garantindo a todos os profissionais da saúde o direito de se aposentar com dignidade.". 

Fonte: Redação com ASCOM - SINDSAUDE/MA

Sindicato dos Rodoviários do Maranhão participa de Seminário Nacional sobre impactos da Reforma Trabalhista

Advogada do STTREMA, Dra. Valuzia Santos
Antenado com os acontecimentos atuais que giram em torno das mudanças na legislação trabalhista o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (STTREMA) participou do Seminário Nacional organizado pela CNTC - Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio aconteceu nos dias 04 e 05 de Outubro, em Brasília.
O Seminário reuniu cerca de 600 participantes pessoas de todo o país que contribuíram com as discussões.
Durante dois dias, os trabalhos focaram os impactos da Reforma Trabalhista sancionada pelo Presidente Michel Temer.
As atividades foram abertas pelo Ministro do TST, Mauricio Godinho Delgado que apresentou o painel, “A Reforma Trabalhista: Sentidos e Desafios”. 
Entre os palestrantes de renome, destaque para Roberto de Figueiredo Caldas, Presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos.
No primeiro dia foram sete painéis apresentados abordando temas como direitos e garantias constitucionais, as novas modalidades de contratação, excesso da jornada de trabalho e condições degradantes e ainda a reforma trabalhista e os desafios para o movimento sindical.
No segundo dia, os participantes foram divididos em grupos e discutiram temas específicos, todos ligados às conseqüências da Reforma Trabalhista. 

STTREMA envia representante

Representando os Rodviários do Maranhão participou a Advogada Valuzia Santos, advogada do STTREMA.
Valuzia foi convidada para proferir palestra sobre a Comissão de Empregados, prevista na Lei 13.467. 
Entre os itens apresentados destacam-se as reivindicações dos trabalhadores quanto às condições em que uma atividade é desempenhada; ou ainda que a categoria não pode ser representada por uma comissão de empregados pois esta representação só será válida quando feita pelas entidades sindicais. 
De acordo com Valuzia Santos os sindicatos também deverão estar sempre presentes nas discussões entre trabalhadores e patrões quando for tratado de interesses individuais e coletivos da categoria.
“Foi mais uma excelente oportunidade para debater os impactos da Reforma Trabalhista e quais conseqüências este pacote de medidas irá acarretar na atividade profissional dos trabalhadores brasileiros. Sem dúvida, nós entendemos que haverá uma precarização nas relação entre patrões x empregados em diversas esferas, inclusive, na atuação das entidades sindicais criadas para defender os interesses dos trabalhadores e que agora se vêem de mãos e pés atados diante da redução drástica da autonomia. É preciso que os brasileiros se unam neste momento e reivindiquem a garantia e a manutenção de direitos conquistados com muita luta”, enfatiza Valuzia Santos, Advogada do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.
Isaías Castelo Branco, Presidente do STTREMA
O Presidente do STTREMA e também Diretor Jurídico da FETRONORTE (Federação dos Trabalhadores Rodoviários da Região Norte) Isaías Castelo Branco reforça a necessidade de qualificar ainda mais dirigentes e advogados que atuam na defesa dos trabalhadores e trabalhadoras: “Ficamos muito satisfeitos com o convite recebido pela Valuzia, para participar destas discussões em um encontro de alcance nacional. Reconhecemos a eficiência e o compromisso dela que há tantos anos atua em nossa entidade. Ela é uma das grandes defensoras das causas dos trabalhadores maranhenses. A Reforma Trabalhista irá prejudicar e muito as diversas classes e aí, incluímos também os Rodoviários.".
A situação não é das mais fáceis e de acordo com o Sindicalista "Precisamos estar prontos e embasados com informações suficientes para que nas discussões com os empresários, possamos garantir sempre melhores condições para a categoria.".
Fonte: Ascom Sind. Rodoviários - MA

SINPROESEMMA e SEDUC dialogam sobre novo Edital de ampliação e unificação de matrículas

Presidente do SINPROESEMMA Raimundo Oliveira
e a Secretária-Adjunta de Educação da SEDUC/MA Nádia Dutra
Dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) começaram a discutir o novo edital de ampliação e unificação de matrícula, uma das maiores conquistas do Sinproesemma nos últimos anos. O encontro ocorreu nesta quinta-feira, 19, na sede administrativa da entidade e contou com a participação da secretária-adjunta de Educação, Nadia Dutra, que participa da elaboração do edital.


Para o próximo edital, que, segundo o Governo do Estado, deverá ser divulgado até o final de novembro e abrangerá 195 municípios,  o Sinproesemma propõe ajustes, como a inclusão dos servidores da categoria especialista II e também da educação especial, independentemente se são lotados em centros ou núcleos.
Outro posicionamento da direção do Sinproesemma foi pelo reaproveitamento dos documentos utilizados pelos docentes no último edital. Vale destacar que as próximas inscrições serão realizadas pela internet, sendo presencial somente a entrega dos documentos. Se houver o reaproveitamento dos documentos, como defende o sindicato, haverá maior participação dos educadores no seletivo.
Segundo o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, a reunião teve o caráter de discutir ajustes e foi a primeira de outras que ocorrerão até a publicação final do edital. “Sempre haverá a necessidade de fazer ajustes para facilitar a participação dos educadores e contemplar um número cada vez maior de participantes”, ressaltou.
Para o professor Oliveira, a ampliação é um instrumento importante para melhorar a qualidade de ensino da rede pública estadual. “É a valorização do profissional da educação, pois contempla o servidor com mais  20 horas, somando 40 horas, para que ele possa desenvolver a sua atividade e ter um ganho remuneratório maior”, explicou.
Já para quem deseja a unificação, acrescenta Oliveira, o benefício será a tranquilidade de não sofrer a situação de acúmulo de matrículas.
O encontro ainda contou com a participação da vice-presidente, Hildinete Rocha, da secretária de Comunicação, Ilza Maria, e da secretária-geral, Isabel Cristina.
Fonte: ASCOM - SINPROESEMMA